Livros, Opinião, Porto Editora

Divergente (Divergente #1) – Veronica Roth [Opinião]


image-9Publicação/reimpressão:
2016

Editor: Porto Editora

ISBN: 978-972-0-04381-8

Classificação: 4 em 5 estrelas

Sinopse: “Na Chicago distópica de Beatrice Prior, a sociedade está dividida em cinco fações, cada uma delas destinada a cultivar uma virtude específica: Cândidos (a sinceridade), Abnegados (o altruísmo), Intrépidos (a coragem), Cordiais (a amizade) e Eruditos (a inteligência). Numa cerimónia anual, todos os jovens de 16 anos devem decidir a fação a que irão pertencer para o resto das suas vidas. Para Beatrice, a escolha é entre ficar com a sua família… e ser quem realmente é. A sua decisão irá surpreender todos, inclusive a própria jovem.

Durante o competitivo processo de iniciação que se segue, Beatrice decide mudar o nome para Tris e procura descobrir quem são os seus verdadeiros amigos, ao mesmo tempo que se enamora por um rapaz misterioso, que umas vezes a fascina e outras a enfurece. No entanto, Tris também tem um segredo, que nunca contou a ninguém porque poderia colocar a sua vida em perigo. Quando descobre um conflito que ameaça devastar a aparentemente perfeita sociedade em que vive, percebe que o seu segredo pode ser a chave para salvar aqueles que ama… ou acabar por destruí-la.”

Opinião: Eu e trilogias temos uma relação complicada. Quando gosto do primeiro livro acabo quase sempre por detestar o segundo e desisto de ler a continuação. Sempre ouvi falar de Divergente, apesar de já ter saído todos os filmes nunca senti curiosidade em ler ou até mesmo ver os livros. Até que certo dia decidi comprar os três livros e entrei num mundo totalmente diferente do habitual.

Para minha grande desgraça, ou não. Desde da primeira páginas que amei Beatrice, e amei-a até ao último livro. Acho que o facto de ter as expectativas tão baixas para este livro fez que com quando eu o acabasse ficasse ansiosa por ler mais e mais, e ainda bem que comprei os três livros de uma vez só.

Neste livro podemos ver a Tris a desenvolver-se, mudança de personalidade, amigos novos, novas aventuras. É um mundo totalmente novo para ela e para nós. Identifiquei-me imenso com a personagem principal, e por mais que eu detestasse algumas atitudes dela era impossível não concordar com ela. Mas de todas as personagens claro que a minha preferida era o Quatro, como não gostar daquele rapaz?

Acho que as personagens estão muito bem criadas, todas com algumas diferenças e semelhanças entre elas. Aquelas amizades e aqueles inimigos… É um livro cheio de emoções, aventura e muito mais. A escrita da autora é fascinante, apaixonei-me imenso pela sua escrita. Achei uma escrita super fácil de ler o que ajuda a ler mais rápido ainda. Eu poderia dar 5 estrelas ao livro sem receios nenhuns, mas comparei com outros livros a que dei 5 estrelas e não achei que merecesse assim tanto. Talvez algum dos outros dois livros mereça. Não tenho mesmo palavras para descrever o quanto gostei do livro, perdi-me nas suas páginas e por momentos senti-me a personagem principal. Estou à espera para ganhar coragem e assistir ao filme, espero gostar tanto como gostei do livro.

name blogger

 

 

Anúncios

2 thoughts on “Divergente (Divergente #1) – Veronica Roth [Opinião]”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s