Edições ASA, Livros, Opinião

A Culpa é das Estrelas – John Green [Opinião]

image.jpgEdição/reimpressão: 2012

Editor: Edições ASA

ISBN: 9789892320946

Classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: “Apesar do milagre da medicina que fez diminuir o tumor que a atacara há alguns anos, Hazel nunca tinha conhecido outra situação que não a de doente terminal, sendo o capítulo final da sua vida parte integrante do seu diagnóstico. Mas com a chegada repentina ao Grupo de Apoio dos Miúdos com Cancro de uma atraente reviravolta de seu nome Augustus Waters, a história de Hazel vê-se agora prestes a ser completamente reescrita.”

Opinião: Foi o primeiro livro de li de John Green, na altura quando o li não estava a espera que se fosse tornar num dos meus preferidos. Não é o melhor de John Green, para mim o meu preferido vai ser sempre À Procura de Alaska.

É dos livros que acho que tem melhor adaptação cinematográfica. Adoro o filme imenso, já o vi diversas vezes e nunca me canso de o ver.

É um livro cheio de sentimentos, e por vezes parece que somos nós as personagens e que estamos a vivenciar aquilo tudo. Muitas vezes senti-me no papel de Hazel Grace, o que ela sentia era como se eu conseguisse sentir também.

A escrita do autor é deliciosa, para quem já leu livros do autor sabe disso. Ele tem uma maneira de escrever única, e o seu humor na escrita é divinal.

Apesar de ser um livro sobre cancro, não é daqueles livros que apenas foca-se na doença para fazer os leitores ficarem emocionados com o livro. O livro conta-nos a vida de dois adolescentes com problemas de saúde, mas eles vivem normalmente, fazem loucuras, conversam, riem, leem, jogam, choram, tudo o que nós fazemos. John Green quis falar sobre cancro e falou de uma maneira boa, ele passou a mensagem que pretendia passar.

O final do livro foi perfeito, eu não estava mesmo nada a espera. Quando vi que faltavam poucos capítulos para acabar o livro pensei que nada de mal aconteceria, e quando dei por mim estava a chorar imenso com o livro.

O livro merece 5 estrelas, passa mensagens tão importantes que devemos ter sempre em conta. E além do mais, “I fell in love the way you fall asleep: slowly, then all at once.”name blogger

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s