Tag – Resoluções Literárias

iBiLb1492700194.png

Olá a todos! Hoje trago-vos uma tag, algo que não trazia à algum tempo! Encontrei esta tag no blog da Raquel do So Happy With Books e apesar de já ser um pouco tarde para mostrar as minhas Resoluções Literárias, achei que seria interessante trazer à mesma. Foi uma tag criada originalmente pela Charr Frears, portanto se quiserem dar uma olhadela!

Mas, vamos lá!

1. Um autor que nunca leste e queres ler

Lesley Pearse! Tenho um livro dela, e já ouvi coisas muito boas, mas nunca li nada dela. E não foi falta de oportunidades! Vamos lá ver se vai ser é este ano.
2. Um livro que queres muito ler 
Quero muito ler It, de Stephen King. Deve ser dos livros que mais ansiosa estou para ler. Quero tanto ler, mas o receio de não gostar é tanto que nem sei!
3. Um clássico que queres ler 
Todos os clássicos de Jane Austen. Nunca li nada de Jane Austen, julguem-me! Eu não sei como é possível, só oiço maravilhas dela e nunca experimento. Parece pecado!
4. Um livro que queres reler
A Rapariga do Comboio da Paula Hawkins! E também Eleanor & Park de Rainbow Rowell.
5. Um livro que tens há séculos e queres finalmente ler
Pedaços de Ternura da Dorothy Koomson. Tenho este livro desde do verão e ainda não o li. Adoro tanto Dorothy Koomson e nem sei porque ainda não o devorei!
6. Um livro gigante e que queres ter a coragem para ler
Volto a repetir, Lesley Pearse aqui. Tenho cá em casa do “Segue o Coração, Não Olhes para Trás”. E o tamanho assusta-me tanto, mas tanto!
7. Um autor que já leste e queres voltar a ler 
Rainbow Rowell! Sem dúvida nenhuma! Quero tanto ler mais livros da Rowell, apenas li dois, mas quero ler todos! Adorei tanto os que li que quero ler tudo o que ela escrever, até a lista de compras!
8. Um livro que te ofereceram no natal e queres ler
Will & Will, de David Levithan e John Green. Eu já li este livro, mas no natal adquiri a versão inglesa e fiquei curiosa em reler. Portanto, é um dos livros que recebi no natal e quero muito ler.
9. Uma série que queres ler, do primeiro ao último livro
Hush, Hush. Sem sombra de dúvida. Apenas li o primeiro livro mas gostei tanto que tenho de ler os últimos três!
10. Uma série que já começaste e queres terminar
Harry Potter sem dúvida!
11. Quantos livros queres ler em 2017?
Quero ler 60 livros, mas se forem mais que isso eu não me importo! Quantos mais melhor!
12. Mais algum objectivo literário que queiras partilhar?
Tenho o objetivo de ler mais literatura portuguesa, ler mais livros em inglês e claro, ler mais clássicos!

Filme | Nem Respires (2016)

a3a7795ec1feac2aa7c1c09f7dbab516Título Original: Don’t Breathe

Género: Crime, Terror, Suspense

Lançamento: Setembro 2016

Elenco Principal: Stephen Lang, Jane Levy, Dylan Minnette

Classificação: 9,5 em 10 estrelas

Sinopse: “Rocky, Alex e Money são ladrões que ganham dinheiro invadindo casas de pessoas ricas em Detroit. Money fica sabendo sobre um veterano de guerra cego que ganhou muito dinheiro pela morte de sua única filha. Pensando ser um alvo fácil, o trio invade a casa isolada do homem em uma vizinhança abandonada. Após se verem presos lá dentro, os jovens invasores têm que lutar por suas vidas ao descobrirem que a vítima não é nada inofensiva.”

Opinião: Eu estou sem palavras quanto a este filme. Foi-me recomendado por um amigo, e agradeço-lhe imenso por tal. Eu amei do ínicio ao fim! Recomendo-vos a ver o filme, acreditem não vão se arrepender. Podem até pensar que é um filme comum, mas é super fora do normal. Eu bato palmas tanto para os atores como para os realizadores do filmes, foram magníficos.

o-homem-nas-trevasDe que fala o filme? Temos aqui um grupo de assaltantes fora do comum. Temos o Alex, o Money e a Rocky. Digo-vos já que eles são muito inteligentes. E, têm uma regra muito fora do comum: não roubam dinheiro. Até ao dia! Rocky e Money, um casal, ao verem uma boa proposta de roubo, ficam entusiasmados em ver tanto dinheiro que pode ser deles. Pensam que vai ser uma missão super fácil, mas… Nem por isso.

Regra número um dos roubos feitos por adolescentes que querem dinheiro: nunca roubes um cego! Principalmente se for um cego militar! E é aqui que o filme torna-se super interessante. Parece muito comum não? Mas não é. É um filme tão imprevisível e com boa qualidade e efeitos que ficámos de boca aberta.

O que mais gostei do filme? Fácil. O som. A maneira como trabalharam com o som, a maneira como souberam passar aos espectadores a importância do som, foi esplêndido. E mesmo os efeitos como já referi, foram brutais!

Os atores conseguiram interpretar muito bem o papel! Cada vez que eles precisam ficar quietos eu sentia que também tinha. Senti cada emoção que eles sentiam, e sabem o quanto raro isso é acontecer entre mim e filmes? Muito raro! Adorei mesmo o filme. Agarrei-me várias vezes à cadeira, fiquei várias vezes com o coração nas mãos, fiquei várias vezes sem conseguir respirar. Mas acreditem, é daqueles filmes que arrependo-me imenso não ter ido ver ao cinema.

Quanto ao final do filme: imprevisível. Eu acho que fizeram um ótimo trabalho com o final, apesar de haver mil e uma críticas. Foi muito bem realizado, e perfeito para o filme em questão. Acho que não poderia ser melhor.

O filme tem mais história para além do assalto, acreditem, o assalto é apenas uma parte. Se quiserem saber o resto têm de ver o filme!

E, isto é uma dica para aqueles que pretendem ver o filme em casa, visto que o filme funciona imenso à base de sons, recomendo a que utilizem auscultadores bons e a um volume não muito alto, mas não muito baixo. Querem saber o porquê? Vejam o filme e vão dar-me razão depois!

Harry Potter e a Ordem da Fénix (Harry Potter #5) – J. K. Rowling [Opinião]

image-11Edição/reimpressão: 2003

Editor: Editoral Presença

ISBN: 9789722331005

Classificação: 5 em 5 estrelas

Sinopse: “Harry Potter está prestes a começar o seu quinto ano na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts. É, aliás, com ansiedade que aguarda o regresso às aulas para rever os seus amigos Ron e Hermione que, estranhamente, deram muito poucas notícias durante o Verão. Contudo, o que Harry vai descobrir neste novo ano em Hogwarts vai transformar radicalmente todo o seu mundo e a sua vida…Esta é mais uma apaixonante aventura de Harry Potter cheia de suspense, segredos e, claro, muita magia, escrita pela incomparável J. K. Rowling!”

Opinião: Este sem dúvida é o meu livro preferido de Harry Potter. Acho que ultimamente tenho dito isto de quase todos os livros de Harry Potter mas este foi sem dúvida aquele que mais me agarrou. Aviso já que esta opinião pode conter spoilers para aqueles que não lerem os livros anteriores. Portanto, não leiam se pretendem ler ainda este livro!

O que mais gostei neste livro foi a mudança drástica que aconteceu ao Harry. Com o final do quarto livro notámos logo que o Harry está a mudar, e no ínicio da Ordem da Fénix conseguimos ver isso perfeitamente. Consegui olhar para o Harry e ver um adulto, uma pessoa que sabe o que quer, que tem certezas.

Irritou-me profundamente o livro. Em certos aspectos eu fiquei tão mas tão frustrada que nem sei! Apetecia-me tanto espancar certas pessoas, e por vezes eu sentia a raiva do Harry. Ver todos à sua volta a tentar ajudar, ver todos ali a criticar, ver todos ali à espera que ele simplesmente ficasse quieto, ou que ele fosse o herói. Foi frustrante!

Todas as personagens mudaram. Cresceram, e honestamente, a personagem que me desiludiu neste livro foi a Hermione. Não sei, eu gosto imenso dela, e esperava um pouco mais neste livro. Acho que ela não evoluiu tanto quanto as outras personagens. Mas espero que no próximo livro ela me traga uma boa aventura. Vamos lá ver!

Só digo uma coisa. SIRIUS! Eu já esperava que algo fosse acontecer ao Sirius sem dúvida. Até porque é complicado não encontrar spoilers de Harry Potter em cada esquina. A morte do Sirius deixou-me com o coração em mil pedaços. Não têm noção do quanto chocada fiquei. Quase a terminar o livro e eu fiquei sem reação. Não sabia que fazer, se deveria continuar a ler ou simplesmente ficar por ali.

Que venha o próximo livro! Estou mesmo super ansiosa!

Maratona #SpringToRead2017

No ano passado pensei em participar nesta maratona. Mas, devido a ter estado fora do país e mais exames para estudar não era fácil. Este ano quero embarcar nesta aventura. Tenho exames sim, muito importantes, mas mesmo assim quero participar. Será uma maratona bem curta, duração de uma semana. Começa dia 19 de abril e termina dia 25 de abril. Quero aproveitar para ver se consigo diminuir a minha tbr e avançar nas leituras de abril!

No que consiste a maratona? É uma maratona realizada pela Chris do Diário da Chris, podem encontrar o link do vídeo relativo à maratona aqui. Temos 3 desafios e muito simples no meu ponto de vista! Eu consegui encontrar rapidamente livros que se encaixassem perfeitamente nas categorias. Pensei bem em certos livros, porque não queria estar a ler livros muito pesados, mas achei que conseguiria ler os escolhidos. Portanto, vamos lá!

TfdC11492534948.png

Esta categoria não foi assim tão fácil para mim. Ultimamente não tenho adquirido livros, e quem viu o meu bookhaul de março sabe disso. Os últimos livros que adquiri já os li todos, portanto tive de escolher um livro do bookhaul de fevereiro. E qual foi o livro escolhido, perguntam vocês…

image-8

Tenho este livro desde janeiro, e honestamente não sei porque ainda não peguei nele. Tinha certeza curiosidade em o ler, e quando chegou cá a casa nem quis acreditar. Mas depois fiquei sem vontade. Quero imenso ler este livro este mês, até porque quero ler os restantes livros da trilogia para assistir ao filme. E, desde do ínicio, foi um livro que eu soube que iria gostar, mas o medo de vir a desiludir é tão grande que nem sei! E vocês já leram este livro? Gostaram?

Sinopse: “Uma ilha misteriosa. Uma casa abandonada. Uma estranha coleção de fotografias peculiares. Uma terrível tragédia familiar leva Jacob, um jovem de dezasseis anos, a uma ilha remota na costa do País de Gales, onde encontra as ruínas do lar para crianças peculiares, criado pela senhora Peregrine. Ao explorar os quartos e corredores abandonados, apercebe-se de que as crianças do lar eram mais do que apenas peculiares; podiam também ser perigosas. É possível que tivessem sido mantidas enclausuradas numa ilha quase deserta por um bom motivo. E, por incrível que pareça, podem ainda estar vivas…”vDW9G1492535200.png

Para esta categoria foi bem simples para mim. Os livros que me dão mais prazer em ler, e sinto uma enorme “leveza” após os ler é sem dúvida os livros do John Green. Mas, eu também gosto imenso de David Levithan. O único livro que li que incluísse os dois foi Will Grayson & Will Grayson. Mas como disse, já li.

1507-1Recentemente, adquiri a versão em inglês deste livro, e como eu gostei imenso do livro em português decidi ler na versão original. Eu sei que vou gostar do livro, vai ser como uma re-leitura do livro, e a minha primeira! Não tenho por hábito reler os livros, porque a minha tbr não deixa. Tenho tantos livros para ler que pensar em ler os que já li é pecado!

Sinopse: “Evanston não fica muito longe de Naperville nos subúrbios de Chicago, mas os jovens Will Grayson e Will Grayson bem que podiam viver em planetas diferentes. Quando o destino os leva à mesma encruzilhada, os Will Graysons vêem as suas vidas a sobreporem-se e a seguirem novas e inesperadas direções. Com um empurrão de amigos novos e velhos – incluindo o enorme e enormemente fabuloso Tiny Cooper, jogador ofensivo na equipa de futebol americano da escola e autor de musicais – Will e Will embarcam nas suas respetivas aventuras românticas e na produção épica do musical mais extraordinário da história.”

H2PMI1492535492.png

FÁCIL! Quem me acompanha seja no blog ou até mesmo no bookstagram, sabe que eu tenho um amor enorme pelos livros da Dorothy Koomson. Pretendo ler e ter todos os livros dela na minha estante, neste momento tenho 7 livros da Dorothy Koomson na minha estante, em que 5 deles estão lidos e faltam-me ler apenas 2. Mas, tenho andado com uma enorme dificuldade para conseguir ler estes dois livros. E porquê?

Visto que comprometi-me a só comprar livros quando acabasse de ler todos os livros que tenho na minha tbr, não posso comprar mais livros. E isto gera outro problema. Quando terminar de ler os livros da Dorothy que tenha minha estante vou ler quais? E como eu sou super viciada em Koomson é complicado não ter ali um extra para quando sentir saudades. E então, eu quero ler agora A Filha da Minha Melhor Amiga, para depois guardar o outro livro para uma ocasião mesmo especial e única. Faz sentido isto? Acho que não, mas pronto!

image (5)Claro que sei que irei gostar do livro, se isso não acontecer vai ser trágico para mim. Eu ouvi maravilhas deste livro, muitos consideram ser o clássico da autora. Vou ter de averiguar isso! Mas, por outro lado e como em todos os casos, já ouvi muitas opiniões negativas. Já vi gente a classificar o livro apenas com uma estrela e isso assusta-me! Tenho as expectativas tão altas para Dorothy Koomson que nem sei!

Sinopse: “A forte relação de amizade entre Kamryn Matika e Adele Brannon, companheiras desde os tempos de faculdade, é destruída num instante de traição que marcará as suas vidas para sempre.
Anos depois desse incidente, Kamryn é uma mulher com uma carreira de sucesso, que vive sem ligações pessoais complexas, protegendo-se de todas as desilusões. Mas eis que, no dia do seu aniversário, Adele a contacta… A amiga de Kamryn está a morrer e implora-lhe que adote a sua filha, Tegan, fruto da sua ilícita relação de uma noite com Nate.
Terá ela outra escolha? Será o perdão possível? O que estará Kamryn disposta a fazer pela amiga que lhe partiu o coração?
Uma viagem dolorosa e comovente de autoconhecimento, uma leitura de cortar a respiração.”

E está aqui a minha tbr para a Maratona Spring To Read. Tenho um bom pressentimento quanto a esta maratona, e espero mesmo que corra bem. Ando há séculos para participar numa maratona assim! Vamos ver como corre, e a todos os participantes espero que corra bem e que façam muitas e boas leituras!

#Bookstagram – Março 2017

6oJy71491650391

O mês de Março foi um mês cheio de fotos. Tirei várias fotos, e gosto do facto de finalmente ter encontrado uma theme. Demorou, mas sempre consegui. Parece até impossível, eu já tive tantas themes, já tentei tanta coisa e nunca ficava feliz com o que tinha. E então, uma ideia surgiu e finalmente consegui encontrar o ideal. Vou vos mostrar todas as fotos que postei no instagram, ou bookstagram, durante o mês de Março. Espero que gostem.

No total foram 35 fotos! Isso mesmo! No mês de Março publiquei 35 fotos, foi quase 1 foto por dia! Eu tento sempre publicar regularmente, e quando não publico num dia tento sempre compensar. Que Abril seja o mesmo ou melhor! Viva!name blogger

#Bookstagram

6oJy71491650391.png

Uma das coisas que ultimamente tem me incentivado a ler é sem dúvida a comunidade do Bookstagram. Quem me conhece a algum tempo, sabe que comecei o meu bookstagram a pouco menos de menos que um ano, próximo mês faz um ano. Eu sou completamente apaixonada pelo meu bookstagram, e esforço-me imenso para conseguir deixá-lo da maneira que eu gosto.

Tenho tido imenso trabalho a tirar fotos, preocupo-me com a luz, com o fundo e com os acessórios. Escolho os livros que quero mesmo tirar foto, e que acho que ficam bem com os tons da minha theme. Uso o mesmo filtro, não o mudo nunca, e se a foto não estiver de acordo com os parâmetros eu apago e tiro outra. Parece demasiado? Sim, mas honestamente é uma boa maneira de eu conseguir relaxar e espairecer dos problemas.

Eu decidi todos os meses trazer-vos algum conteúdo relacionado com o Bookstagram. Seja desafios em que vou participar, ou mesmo tags que pretendo responder. Vou mostrar todas as fotos que publiquei durante o mês, e algumas surpresas!

Estou super ansiosa para vos trazer conteúdo relacionado ao Bookstagram, honestamente, eu passo lá a minha vida e já fiz tão boas amizades que não quero saber de mais nada! Se quiserem podem dar dicas de temas que gostariam que falasse nesta rubrica, ou até mesmo partilhar a vossa conta de Bookstagram se tiver!

Preparados para uma nova rubrica no blog? name blogger

Bookhaul Março

qwfpy1488228100

E eu não podia estar mais feliz com o mês de Março. Se o meu objetivo era não comprar nenhum livro até despachar todos os que estão na minha tbr, este mês consegui cumprir esse desafio mais ou menos. Neste bookhaul vou mostrar-vos três livros, e desses três livro apenas comprei um. E como consegui os outros dois? Ganhei num passatempo no instagram! Fiquei tão feliz quando soube que tinha ganho, não estava mesmo nada a espera. Não costumo te rmuita sorte com passatempos! E qual a melhor parte disto tudo? Dos três livros que consegui só me falta ler um! E já estou quase mesmo a terminar! Estão tão feliz com o mês de Março! Espero que o mês de Abril seja igual ou melhor!

  • Tokyo Ghoul 5, Sui Ishida
  • As Palavras Que Me Deverão Guiar Um Dia, António Tavares
  • Contos de Cães e Maus Lobos, Valter Hugo Mãe

Destes três livro apenas me falta acabar de ler As Palavras Que Me Deverão Guiar Um Dia, já estou mesmo quase a terminar e estou a adorar imenso! E vocês, como foi o vosso bookhaul de Março?name blogger