1001 Mundos, Bertrand Editora, Chiado Editora, Edições ASA, Edições Chá das Cinco, Edições Gailivro, Editoral Planeta, Editoral Presença, Leituras do Mês, Livros, Lua de Papel, Marcador, Nuvem de Tinta, Opinião, Porto Editora, Publicações Europa-América, Quinta Essência, Saída de Emergência, Tânia Dias, TopSeller

Livros que Li em 2016

O ano de 2016 está a acabar e eu não podia estar mais feliz quanto ao número de livros que li este ano! No ínicio do ano pretendia ler 50 livros, mas depois decidi ler apenas 30. Consegui ler 55 livros! Isso mesmo 55 livros, nem eu estava a espera de conseguir ler tanto. Podemos dizer que eu ia a meio do ano e tinha mais ou menos 20 livros lidos, nem tanto e depois como por milagre consegui ler 30 livros! Desde do ínicio do verão que tenho conseguido manter um ritmo de leitura, mais ou menos 4 a 5 livros por mês, quero tentar manter este ritmo, mas com as aulas é muito complicado conseguir ler!

Com um número de 19 517 páginas lidas, os livros que eu li em 2016 foram:

  • Eleanor & Park, Rainbow Rowell 
  • A Rapariga no Comboio, Paula Hawkins
  • Cidades de Papel, John Green
  • Quando Aqui Estavas, Daisy Whitney
  • Lugares Escuros, Gillian Flynn
  • Entre o Agora e o Nunca, J. A. Redmerski
  • Desejar, Carrie Jones
  • Fangirl, Rainbow Rowell
  • Os Aromas do Amor, Dorothy Koomson
  • Prometo Perder, Pedro Chagas Freitas
  • A Praia das Pétalas de Rosa, Dorothy Koomson
  • O Homem da Areia, Lars Kepler
  • A Rapariga que Roubava Livros, Markus Zusak
  • A Cada Dia, David Levithan
  • O Outro Amor da Vida Dele, Dorothy Koomson
  • Divergente, Veronica Roth
  • Insurgente, Veronica Roth
  • Convergente, Veronica Roth
  • Maestra, L. S. Hilton
  • Death Note Volume 1 (Black Edition), Tsugumi Ohba
  • Harry Potter e a Pedra Filosofal, J. K. Rowling
  • Se Eu Ficar, Gayle Forman
  • O Oceano no Fim do Caminho, Neil Gaiman
  • A Sorte que Move o Destino, Matthew Quick
  • Entre o Agora e o Sempre, J. A. Redmerski
  • Despedaçada, Tânia Dias
  • Diário de um Vampiro Banana 2, Tim Collins
  • Cinder, Marissa Meyer
  • A Hora do Vampiro, Stephen King
  • Uma Morte Súbita, J. K. Rowling
  • Os Maias, Eça de Queirós
  • Corações em Silêncio, Nicholas Sparks
  • Quando as Estrelas Caem, Amie Kaufman & Meagan Spooner
  • Fogo, Maya Banks
  • Anjos e Demónios, Dan Brown
  • Fala-me de Um Dia Perfeito, Jennifer Niven
  • A Vidente, Lars Kepler
  • Illuminae, Amie Kaufman & Jay Kristoff
  • Amor e Chocolate, Dorothy Koomson
  • Sangue Fresco, Charlaine Harris
  • Tokyo Ghoul #1, Sui Ishida
  • Êxtase, J. R. Ward
  • Tokyo Ghoul #2, Sui Ishida
  • Tokyo Ghoul #3, Sui Ishida
  • Tokyo Ghoul #4, Sui Ishida
  • Harry Potter e a Câmara dos Segredos, J. K. Rowling
  • Quem Ama Acredita, Nicholas Sparks
  • O Sobrinho do Mágico, C. S. Lewis
  • Eragon, Christopher Paolini
  • Quando a Neve Cai, John Green & Maureen Johnson & Lauren Myracle
  • Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, J. K. Rowling
  • Um Conto de Natal, Charles Dickens
  • O Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald
  • Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll
  • Kurt Cobain Journals

Aqui estão todos os livros que li em 2016, na lista encontram-se pela ordem que os li. Considero um bom ano a nível de leituras. E claro, que 2017 seja um ano cheio de muitas mais leituras, e quem sabe consiga chegar aos 60 livros lidos! Logo veremos. name blogger

Entrevista, Parceria, Tânia Dias

Entrevista à Tânia Dias, escritora de Broken – Despedaçada

Como alguns sabem a escritora Tânia Dias é parceira do blog, mais uma vez obrigada por disponibilizares o teu livro. Recentemente acabei de ler Broken – Despedaçada, e adorei já tem até opinião cá no blog. A escritora aceitou o meu convite para responder a umas pequenas perguntas, agradeço-lhe mais uma vez por isso.

Sobre a escritora

14239291

“Olá!
Obrigado por estares a perder tempo a ler factos aborrecidos sobre mim!

Neste momento estou a estudar ciências, gostava de ser uma grande cientista um dia e descobrir a cura para todas as doenças.

Sou uma rapariga de 17 anos com uma paixão enorme por livros que viveu mais aventuras do que aquelas que consegue contar. Já se apaixonou por um vampiro, caçou sombras e lutou numa arena juntamente com outros 23 tributos, viveu numa sociedade dividida em fações e ficou perdida num labirinto, tendo sido salva por um anjo.

A minha paixão por escrita começou há alguns anos atrás quando os mundos que existiam na minha cabeça quiseram saltar para fora.

Por acaso tive a sorte de realizar um dos meus maiores sonhos e tornar-me uma autora com Despedaça (Broken) a minha primeira obra publicada.”

1-De onde veio o teu gosto pela leitura? E pela escrita?

Eu comecei a ler quando o final de um filme, que era a adaptação de um livro, me deixou tão curiosa que eu não podia esperar um ano para saber como é que a ação se desenrolava. Acontece que o final dessa saga de livros foi um bocado aberto e eu senti a necessidade de descobrir o que acontecia a seguir, como a autora não ia escrever mais, decidi escrevê-lo eu.

2-Dedicas quanto tempo à escrita por dia? E à leitura?

É difícil dar uma resposta concreta porque varia muito. O tempo que eu dedico a ambas as tarefas quando estou em aulas é ridiculamente diferente daquele que lhes dedico quando estou de férias.

3-Qual o teu livro preferido? E escritor?

O meu obviamente. Ahaha. Livro favorito não tenho, ou se tivesse que apontar, apontaria o meu, e não tenho pelo simples facto de que todos os livros que leio me marcam de uma maneira diferente e especial. Quando a escritores, tenho um leque muito variado, mas devo admitir que admiro imenso a Cassandra Clare, aquilo que ela consegue fazer com as palavras… os mundos que ela constrói…

4-Decidiste que querias escrever um livro quando?

Sempre que começo uma história almejo terminá-la, pode não acontecer mas isso já é outra história. Por isso, não foi uma decisão, foi uma progressão obrigatória de eventos. Começar a história, terminá-la, dá-la a lê-la a pessoas, tentar publicá-la.

5-As personagens que criaste baseiam-se em alguém que conheces?

Não.

6-Demoraste quanto tempo a escrever Despedaçada?

3/4 meses.

7-Qual é a sensação de veres as pessoas a comprarem o teu livro?

É fantástico. É sempre aquele momento em que fico: “Uau, o livro existe mesmo fora do meu computador”.

8-Qual foi a tua maior dificuldade na publicação de Despedaçada?

Acho que a mesma de todos os autores que estão a publicar o seu primeiro livro: arranjar uma editora que aposte em nós.

9-Haverá continuação para Despedaçada?

Claro que sim! Mais dois livros certos. E, quem sabe, umas mini-histórias contadas por outros personagens.

10-Achas que se Broken fosse publicado noutro país teria mais sucesso ou menos sucesso?

Não sei, acho que depende do apoio que receberia. Se recebesse mais apoio do que recebe aqui, teria mais sucesso, se tivesse o mesmo, teria o mesmo sucesso.

11-Pensas em traduzir o livro para outra língua?

Um dia, se a oportunidade surgir, claro que sim!

12-Alguma dica para quem pretende escrever e publicar o seu primeiro livro?

Pensem bem se é publicar que querem, porque não é tudo um mar de rosas. Escrever o livro é fácil, difícil é tudo aquilo que vem a seguir. Mas se já ponderaram todos os prós e contras e querem ir para a frente… Força. Não desistam, escrevam emails, façam telefonemas, façam tudo o que estiver ao vosso alcance e nunca, nunca, parem.

Vai ser preciso muita força mas se não desistirem, compensa.

13-Alguma coisa que queiras dizer aos fãs de Despedaçada?

Aos meus leitores? Adoro-vos do fundo do coração! ;*

Obrigado por lerem Despedaçada e acreditarem em mim, espero não vos desiludir e conseguir continuar a trazer-vos boas histórias!

Um grande beijinho! 

Tânia Dias

Para mais informações podem encontrar a Tânia Dias no Goodreads, no Facebook e têm ainda o grupo no Facebook de Broken – Despedaçada.

Aos interessados a comprar o livro, podem comprá-lo aqui.

name blogger

Chiado Editora, Livros, Opinião, Parceria, Tânia Dias

Broken – Despedaçada (Broken #1) – Tânia Dias [Opinião]

image-2Edição/reimpressão: 2015

Editor: Chiado Editora

ISBN: 9789895153459

Classificação: 4,5 em 5 estrelas

Sinopse: “Assumir o seu papel como líder não estava nos planos de Alexia White, mas quando a sua mãe perde a vida num terrível assalto ao castelo, ela vê-se sem opções. Num mundo onde os fracos se distinguem dos fortes pelos dons que possuem, Alexia está no topo da lista e precisa de aprender a lidar com os seus dons se pretende recuperar Starnyz das garras do traidor. Ian Bealfire, um homem que exala arrogância e prepotência por todos os poros, parece disposto a ocupar o lugar de seu Mestre. Há quem diga que a jovem está destinada a salvar o mundo mas despedaçada pelas perdas que sofreu. Assombrada pelas memórias do passado, será mesmo capaz de salvar o mundo, quando nem a si parece ser capaz salvar?”

Opinião: Eu nem sei por onde começar. Eu quando acabei o livro fiquei com um vazio enorme, eu queria mais. A única coisa que reconfortou-me quando acabei a leitura foi saber que haveria próximo livro. Eu necessito mais desta história, eu preciso saber que aconteceu, preciso de saber tudo.

Desde do início do livro que gostei dele, tanto da escrita da autora como das personagens. A minha personagem preferida sem dúvida que é o Ian, por causa do seu estilo misterioso e claro, que não gosta de um rapaz como o Ian?! Adoro a Alexia, podemos ver perfeitamente durante o desenrolar da história que ela aprendeu muito, que ela cresceu muito. E nós acompanhamos esse crescimento com um orgulho por ela que quando vemos que ela está a ser tão bem sucedida ficámos de coração cheio.

Mas, nós não só acompanhamos o crescimento de Alexia, como acompanhamos o desenrolar da mais bela história de amor. Ian e Alexia, são simplesmente o casal mais fofo de sempre. Passei o livro todos a rezar para que aqueles dois tivessem sorte, e no fim fico com o coração nas mãos sem saber se ficam juntos ou não, e isso dá-me uma vontade imensa de ler o próximo livro.

A autora preocupou-se em criar personagens muito boas, assim como preocupou-se em criar um mundo totalmente diferente do habitual. Consegui sentir-me a lutar acompanhada pela a Alexia e pelo Ian, e senti-me até a dançar com eles. Este é daqueles livros que tem acção, romance, uma pitada de mistério e muita aventura.

Uma outra personagem preferida minha é a Sophie, adoro a maneira como ela trata a Alexia, a maneira como se preocupa. Sophie e Alexia são como irmãs, e isso faz com que o livro seja ainda mais especial. Elas passam por muito juntas, desde lutas a pequenos segredos, mas mesmo assim podemos ver a amizade que possuem uma pela outra é mesmo verdadeira.

Ansiosa para o próximo livro, preciso urgentemente de saber que vai acontecer! Mais uma vez quero agradecer à autora Tânia Dias por ter disponibilizado o seu livro para eu ler.

name blogger

Parceria, Tânia Dias

Parceria – Tânia Dias

Recentemente eu e a escritora Tânia Dias realizamos uma parceria. Ela disponibilizou-me o seu livro em versão e-book para que eu pudesse ter oportunidade de o ler e dar a minha opinião. Ainda estou a ler, e estou a adorar. É um livro de rápida e simples leitura.

Sinopse: “Assumir o seu papel como líder não estava nos planos de Alexia White, mas quando a sua mãe perde a vida num terrível assalto ao castelo, ela vê-se sem opções.
Num mundo onde os fracos se distinguem dos fortes pelos dons que possuem, Alexia está no topo da lista e precisa de aprender a lidar com os seus dons se pretende recuperar Starnyz das garras do traidor. Ian Bealfire, um homem que exala arrogância e prepotência por todos os poros, parece disposto a ocupar o lugar de seu Mestre.
Há quem diga que a jovem está destinada a salvar o mundo mas despedaçada pelas perdas que sofreu. Assombrada pelas memórias do passado, será mesmo capaz de salvar o mundo, quando nem a si parece ser capaz salvar?”

Para os mais curiosos têm ainda o book trailer.

Para quem estiver interessado em comprar pode comprar na Wook. E se quiser consultar a escritora Tânia Dias, tem aqui o seu Facebook e têm ainda o Facebook do Grupo do Livro.

name blogger